sábado, 31 de março de 2012

Quando Thiago desce a escada

Em todos os amores
um vazio me preencheu

Sem teu cheiro
impregnando meu ar
não respiro
traio a mim
omito

Tua voz
ultimo som
amor meu

faleço
além das noites
longe das lutas
tarde demais
adeus.

quarta-feira, 21 de março de 2012

Os brinquedos

Hoje eu não ri
Dos meus olhos nada vi
A beleza viva...
A poesia

Me dói saber que o vazio paira teu coração
Que em mim não vê afeto ou interesse
Ou mesmo se ao menos vê algo...

Eu tentei dizer a mim mesmo que de alguma forma eu ia te achar
Mas não significa nada
Eu sou só outra piada
Outra risada

Está na hora de ir, de dizer adeus
Até mais garoto, você não é um homem
Até mais paixão, você não é um amor.

segunda-feira, 19 de março de 2012

A Viajante

Tem um mundo lá fora
E todas essas luzes
Todo esse brilho
Faz meus olhos doerem

Essa vida tão longe da minha
Tão longe de tudo
Tão intima, tão secreta
Me deixa curiosa

Esses sons todos
Aquela barulheira infernal
Os gritos, os gemidos, as buzinas
São de um mundo fora do meu

Contudo o que me interessa não é o meu mundo
Não são meus sons nem minha luz e muito menos meu brilho
Dos meus segredos, da minha intimidade, eu estou cansada
O que eu quero tá no mundo lá fora

Eu podia dizer que tá logo ali
Mas mesmo próximo, continua longe
E mesmo longe, continua perto
E mesmo perto, eu não posso alcançar.

Não são terras o que eu procuro
Não são tesouros
Nem o príncipe imaculado do final feliz
Mas a felicidade que ainda não chegou ao seu fim

E por esse resto de sorriso
por esse frio na barriga
Eu destruiria meu mundo
Me mudava pro teu

Eu viveria na tua cabeça
Eu me veria nos teus olhos
Me sentiria na tua boca
e moraria no teu coração

E eu sei que isso parece egoísta
Eu sei que não pedi um lar
Mas se isso é o que sinto aqui dentro
Está além de um simples gostar

Chama de amor
Chama de guerra
Chama de vicio
Tanto faz, eu não ligo.

Me chama de louca
Diz que me odeia
Me faz chorar
Não vai ser a primeira vez.

Um coração quebrado
Olhos inchados
Os soluços
E eu volto ao meu mundo

E não é isso que me interessa
Nada disso, não são os meus segredos o que eu procuro
O que eu quero tá logo ali e eu não posso alcançar
O que eu procuro tá logo ali, tá dentro de ti.